O Velho e o Mar

avaliação dos leitores (8 comentários)
(8 comentários)
ISBN: 978-972-38-2912-9
Edição/reimpressão: 06-2018
Editor: Livros do Brasil
Código: 77039
Coleção: Dois Mundos
ver detalhes do produto
12,20€ I
9,76€ I
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
12,20€ I
9,76€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO IMEDIATO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Santiago, um velho pescador cubano, está há quase três meses sem conseguir pescar um único peixe, quando o seu isco é finalmente mordido por um enorme espadarte. O peixe imponente resiste, arrasta a sua canoa cada vez mais para o alto mar, na corrente do Golfo, e obriga a uma luta agonizante de três dias que o velho Santiago acabará por vencer, para logo se ver derrotado.

Com uma linguagem de grande simplicidade e força, Hemingway retrata nesta aventura poética a coragem humana perante as dificuldades e o triunfo alcançado apesar da perda. Comovente romance, obra-prima de maturidade de Hemingway, O Velho e o Mar recebeu o Prémio Pulitzer em 1953 e desempenhou um papel essencial na obtenção pelo seu autor, um ano mais tarde, do Prémio Nobel da Literatura.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Nunca desistir
Paula Pereira | 2019-09-16
Esta é a história de um homem que nunca perdeu a esperança perante as adversidades.
Lição de vida
Marina Duarte | 2017-09-24
Uma história que nos mostra o poder da força e da perseverança! No final, o respeito e o amor pelos outros seres não passa indiferente. Uma lição de vida!

DETALHES DO PRODUTO

O Velho e o Mar
ISBN: 978-972-38-2912-9
Edição/reimpressão: 06-2018
Editor: Livros do Brasil
Código: 77039
Coleção: Dois Mundos
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 80
Tipo de Produto: Livro
Ernest Hemingway nasceu em Oak Park, no Illinois, a 21 de julho de 1899, e suicidou-se em Ketchum, no Idaho, em julho de 1961. Em 1953 ganhou o Prémio Pulitzer, com O Velho e o Mar, e em 1954 o Prémio Nobel de Literatura. Romances como O Adeus às Armas ou Por Quem os Sinos Dobram, além do já citado O Velho e o Mar, consagraram-no como um dos grandes nomes da literatura do século XX.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK