Um Sentido para a Vida

Um Sentido para a Vida

Formatos disponiveis
16,60€
13,28€
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
16,60€
13,28€
COMPRAR
I20% DE DESCONTO IMEDIATO
IEm stock - Envio 24H
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Esta recolha cronológica de ensaios escritos pela mão do eterno aviador-escritor Antoine de Saint-Exupéry (publicada postumamente em 1956) começa com um excerto da sua primeira obra, «O Aviador», de 1926. Avança então por entre os seus textos jornalísticos enviados a partir de Moscovo e da frente da Guerra Civil Espanhola, inclui peças fundamentais dos seus escritos mais filosóficos e termina com três prefácios onde são entretecidos os grandes temas da sua obra: o voo, as palavras, a humanidade.

Adversário acérrimo de todas as tiranias que oprimem a dignidade do Homem, Saint-Exupéry expressa nesta coleção de alguns dos seus textos mais marginais a paixão pela grandiosidade humana e a ansiedade em relação aos destinos do mundo.

Testemunhos preciosos de um dos mais inspiradores autores do século XX, traduzidos para português pelo poeta Ruy Belo.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Um Sentido para a Vida
ISBN:978-972-38-2991-4
Edição/reimpressão:05-2018
Editor:Livros do Brasil
Código:77416
Coleção:Dois Mundos
Idioma:Português
Dimensões:152 x 235 x 15 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:192
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios > Outras Formas Literárias
Antoine de Saint-Exupéry nasceu a 29 de junho de 1900 em Lyon. Faz o seu batismo de voo aos 12 anos, aos 22 torna-se piloto militar e é como capitão que em 1939 se junta à Força Aérea francesa em luta contra a ocupação nazi. A aviação e a guerra viriam a revelar-se elementos centrais de toda a sua obra literária, onde se destacam títulos como Correio do Sul (1929), o seu primeiro romance, Voo Noturno (1931), que logo se tornou um êxito de vendas internacional, e Piloto de Guerra (1942), retrato da sua participação na Segunda Guerra Mundial. Em 1943 publicaria aquela que é reconhecida como a sua obra-prima, O Principezinho, um dos livros mais traduzidos em todo o mundo. A sua morte, aos 44 anos, num acidente de aviação durante uma missão de reconhecimento no sul de França, permanece ainda hoje um mistério.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK