Soldados de Salamina (eBook)

avaliação dos leitores (6 comentários)
(6 comentários)
Formatos disponíveis
6,99€ I
-10%
COMPRAR
-10%
6,99€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Disponibilidade Imediata

SINOPSE

Ao ser publicado, em 2001, Soldados de Salamina inaugurava uma nova época no romance espanhol e rapidamente se transformava num ruidoso bestseller, com mais de um milhão de exemplares vendidos e traduções em numerosos países. Num recente inquérito do jornal El País, um painel de 50 críticos colocou-o entre os dez melhores livros da literatura de língua espanhola, ao lado de obras de Bolaño, Vargas Llosa, Javier Marías, Vila-Matas ou Marsé.

Cercas criava uma nova forma de abordar a Guerra Civil de Espanha, construindo o seu relato sem apriorismos ideológicos. Um soldado republicano pôde matar um militar fascista, mas não o fez. Cercas transforma esse soldado que teve um gesto de piedade num herói. Os leitores fizeram o mesmo.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Denso, emocionante e reflexivo
JM | 2023-11-24
Soldados de Salamina, escrito pelo autor espanhol Javier Cercas, é um livro que mescla memória e ficção para recontar fatos históricos ocorridos durante a Guerra Civil Espanhola. A narrativa é estruturada a partir da perspectiva de um narrador/jornalista que investiga um episódio em que um escritor, também chamado Javier Cercas, salva a vida de um soldado franquista durante a batalha de Salamina. O autor utiliza uma linguagem cativante e fluida, alternando entre passado e presente, fazendo com que o leitor mergulhe na história e se envolva com os personagens. Através da busca pelo soldado desconhecido, Cercas aborda temas como traição, heroísmo, memória coletiva e a complexidade da guerra. O livro também explora questões sobre a construção da narrativa histórica e a relação entre realidade e ficção. Soldados de Salamina é um livro denso, emocionante e reflexivo, que convida o leitor a refletir sobre os eventos históricos e como eles moldam o presente. É uma obra-prima da literatura espanhola contemporânea que merece ser lida e apreciada.
Explosão criativa
Fábio Lavos Martins | 2022-10-27
Existem muitos livros que de forma mais ou menos ficcionada nos colocam em períodos fulcrais da história da humanidade, ou de uma sociedade parcial. A guerra civil espanhola não é um caso diferente. O que não existe muito, e merece enfático destaque, é a capacidade extraordinária de fundir ficção e realidade de uma forma tão competente que, mesmo dominando os factos, somos capazes de colocar o pé em falso. É isso que consegue - magistralmente - Javier Cercas, começando por se colocar a ele próprio ( ou a um muito sobreponivel homónimo) como epicentro da sua solução narrativa. Javier Cercas é narrador e personagem principal, numa história que constrói em três partes distintas, que se debruçam desde início no mito acerca de Rafael Sánchez Mazas, um dos responsáveis do regime franquista, sobrevivente nas mais improváveis situações. A competência com que somos colocados nos dias mais negros da história recente de Espanha, é muito maior que um bom jogo de espelhos. E o apego a estas páginas demora q desaparecer. Pela habilidade e a temática de fundo, lembrei me, algumas vezes, de um dos meus livros favoritos - vinte anos e um dia, de Jorge Semprun. Admirável

DETALHES DO PRODUTO

Soldados de Salamina (eBook)
ISBN: 978-972-38-2977-8
Edição/reimpressão: 02-2017
Editor: Livros do Brasil
Código: 68815
Coleção: Miniatura
Idioma: Português
Tipo de Produto: eBook
Classificação Temática: eBooks > eBooks em Português > Literatura > Romance

Javier Cercas nasceu em Ibahernando, Cáceres, em 1962. Os seus livros foram traduzidos para mais de trinta línguas e obtiveram diversos prémios, de que destacamos: Prémio Nacional de Literatura, Prémio Cidade de Barcelona, Prémio Salambó, Prémio da Crítica do Chile, Prémio Llibreter, Prémio Qué Leer, Prémio Grinzane Cavour, Prémio The Independent Foreign Fiction, Prémio Arcebispo Juan de San Clemente, Prémio Cálamo, Prémio Mondello, Prémio Internacional Terenci Moix e The European Athens Prize for Literature. Em 2011 foi-lhe atribuído o Prémio Internacional do Salão do Livro de Turim pelo conjunto da sua obra.

Foram publicados em Portugal os seus livros Soldados de Salamina, A Velocidade da Luz, Anatomia de um Instante, As Leis da Fronteira (Prémio Literário Casino da Póvoa / Correntes d’Escritas 2016), O Impostor, O Monarca das Sombras e Terra Alta (Prémio Planeta 2019), que inicia a série, composta por Independência e agora O Castelo do Barba-Azul.


Ver Mais