Ratos e Homens (eBook)

avaliação dos leitores (8 comentários)
(8 comentários)
Formatos disponíveis
7,99€ I
COMPRAR
7,99€ I
COMPRAR
I Disponibilidade Imediata

SINOPSE

George e Lennie vagueiam de herdade em herdade na Califórnia da Grande Depressão, numa sobrevivência sustentada por trabalhos episódicos. Mas os dois amigos têm um plano: vão juntar o suficiente para comprar um bocado de terra com uma casinha e aí poderão viver tranquilamente e dedicar-se à criação de coelhos.

George é pequeno e vivo, e é ele quem toma as decisões; Lennie é um gigante simpático, mas tem dificuldade em lembrar-se das coisas e em medir a sua força excecional. Quando arranjam trabalho a carregar cevada numa herdade junto ao rio Salinas, George e Lennie veem o seu sonho aproximar-se a passos largos da concretização - até que a mulher do patrão entra em cena.

Considerado um dos mais importantes romances de John Steinbeck, publicado originalmente em 1937 e várias vezes adaptado ao teatro e ao cinema, Ratos e Homens é uma história sobre amizade, sobre dignidade e sacrifício, mas também uma parábola implacável sobre o ruir do sonho americano.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Incrivel
Catarina G. | 2024-03-06
O livro que me fez descobrir o excelente escritor. Dos anos 30 aos atuais, e parece que nada mudou. Muito fácil leitura, muito cativante. A ler novamente.
Clássico imprescindível
Ana | 2023-06-27
Este é um dos clássicos mais conhecidos e uma das obras mais emblemáticas do autor. De forma sucinta, Steinbeck fala-nos da amizade e dos sacrifícios que são os alicerces para a construção dos sonhos. Ou será que o tema central é a solidão? Um livro pequeno mas que proporciona vários momentos de reflexão.

DETALHES DO PRODUTO

Ratos e Homens (eBook)
ISBN: 978-972-38-3015-6
Edição/reimpressão: 07-2017
Editor: Livros do Brasil
Código: 68928
Idioma: Português
Páginas: 104
Tipo de Produto: eBook
Classificação Temática: eBooks > eBooks em Português > Literatura > Romance
John Steinbeck nasceu em Salinas, na Califórnia, em 1902, numa família de parcos haveres. Chegou a frequentar a Universidade de Stanford, sem concluir nenhuma licenciatura. Em 1925 foi para Nova Iorque, onde tentou uma carreira de escritor, cedo regressando à Califórnia sem ter obtido qualquer sucesso. Alcançou o seu primeiro êxito em 1935, com O Milagre de São Francisco (Tortilla Flat, na edição original), confirmado depois, em 1937, com a novela Ratos e Homens. A sua ficção está marcada por uma imensa preocupação com os problemas dos trabalhadores rurais e também por um grande fascínio para com a terra. Em 1939, publicaria aquela que, por muitos, é considerada a sua obra-prima, As Vinhas da Ira. Entre os seus livros, destacam-se ainda os romances A Leste do Paraíso (1952) e O Inverno do Nosso Descontentamento (1961), bem como Viagens com o Charley (1962), em que relata uma viagem de três meses por quarenta estados norte-americanos. Recebeu o Prémio Nobel da Literatura em 1962. Faleceu em Nova Iorque, a 20 de dezembro de 1968.
Ver Mais