Flush

ISBN: 978-989-711-145-7
Edição/reimpressão: 09-2021
Editor: Livros do Brasil
Código: 77543
ver detalhes do produto
18,80€ I
15,04€ I
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
18,80€ I
15,04€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Flush é um cocker spaniel da mais nobre linhagem. Além de estar dotado de todas as virtudes que o Spaniel Club deseja para um exemplar de tal condição, tem o dom especial de perceber as emoções humanas. Ainda cachorrinho, é oferecido à grande poetisa inglesa Elizabeth Barrett e por ela sentirá um amor incondicional. A seu lado, vai viver momentos de grande ternura, mas também de muitos ciúmes, e conhecerá tanto a calma de um quarto quanto o bulício das ruas de Londres, a liberdade e a libertinagem em terras italianas.
A partir da correspondência de Elizabeth Barrett Browning, Virginia Woolf escreveu a biografia de Flush, criando assim um dos seus livros mais originais e inesquecíveis. A edição publicada agora pela Livros do Brasil conta com as ilustrações de Iratxe López de Munáin, que fazem desta pequena maravilha literária um extraordinário objeto artístico.

Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Flush
ISBN: 978-989-711-145-7
Edição/reimpressão: 09-2021
Editor: Livros do Brasil
Código: 77543
Idioma: Português
Dimensões: 175 x 247 x 17 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 168
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance
Virginia Woolf nasceu em Londres a 25 de janeiro de 1882, filha de Sir Leslie Stephen, escritor e historiador ilustre da Inglaterra vitoriana. Desde cedo ligada a grupos de intelectuais, casou em 1912 com Leonard Woolf e com ele fundou a editora Hogarth Press, responsável pela revelação de autores como Katherine Mansfield e T. S. Eliot e pela publicação das suas próprias obras. Reconhecida como uma das mais proeminentes figuras do modernismo britânico, destacam-se entre os seus trabalhos os romances Mrs Dalloway (1925), Orlando (1928) e As Ondas (1931), assim como o ensaio Um Quarto que Seja Seu (1929). Após sucessivas crises depressivas e não suportando o isolamento provocado pelo agravar da Segunda Guerra Mundial, suicida-se a 28 de março de 1941, em Lewes.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK